Sobre o Vale do Pati

O Vale do Pati fica na região central do Parque Nacional da Chapada Diamantina (PNCD). Antigamente a região era responsável pela produção de alimentos (principalmente o café) que abasteciam as lavras, garimpos e cidades da região. Hoje é um reduto dos montanhistas que buscam caminhadas com visuais espetaculares e impactantes.

O Vale do Pati pode ser feito até em 1 ou 2, porém acreditamos que para uma experiência mais rica e interessante você precise de pelo menos 3 dias dentro do vale. Confira abaixo os itinerários a partir de 3 dias, lembrando que os atrativos dentro do vale podem ser alterados de acordo com a logística individual de cada pacote (em relação a condicionamento do grupo, tempo e demais fatores).

Caso você só tenha 1 ou 2 dias, entre em contato que viabilizaremos um Vale do Pati mais curto para você.

Travessia
PNCD
Duração: 4 Dias
Distância: 75km
Origem: Lençóis
A partir de R$2.500
Travessia
PNCD
Duração: 4 Dias
Distância: 60km
Origem: Lençóis
A partir de R$2.300
Trekking
PNCD
Duração: 3 Dias
Distância: 40km
Origem: Lençóis
A partir de R$1.800
Travessia
PNCD
Duração: 5 Dias
Distância: 70km
Origem: Lençóis
A partir de R$3.000

Sobre o trekking na Chapada Diamantina

O trekking na Chapada Diamantina é egresso das trilhas abertas pelos garimpeiros que caminhavam por aqui a mais de 2 séculos em busca dos cobiçados diamantes. Hoje usamos essas trilhas e as antigas “casas” dos garimpeiros (conhecidas como tocas) como bases de acampamentos durante nossas expedições na montanha. Algumas trilhas foram usadas por vaqueiros e agricultores (principalmente na região do Vale do Pati e Vale do Capão) que criavam algumas rotas para escoar o café, leite e outros alimentos para toda Chapada Diamantina e região baiana em geral, essas trilhas em particular são mais abertas, planas e cortam áreas abertas popularmente conhecidas como “gerais”. As trilhas no interior do Parque Nacional da Chapada Diamantina como Mixila, Fumaça, Samuel, Engrunada e Fundão foram exploradas apenas por garimpeiros, portanto são trilhas mais fechadas e acidentadas. É um verdadeiro show de história, geologia, além de todos visuais impactantes que poderemos contemplar durante as caminhadas e paradas. É importante destacar também que todos os trekkings listados podem ser interligados, temos amplo conhecimento sobre o Parque Nacional da Chapada Diamantina, logo conseguimos conectar a maioria dos grandes trekking da região.

plugins premium WordPress